Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2021
Efetue seu Login

Esqueci minha senha

Atendimento

Celular/Whatsapp (81) 99707-0507 ou email contato@leilaopernambuco.com.br

Resultado da Busca

Categoria: IMÓVEIS » Imóvel rural

Busca de Lotes

Imagem meramente ilustrativa

LOTE 046

3ª Vara do Trabalho de Goiana
Processo Nº ATOrd-0001287-29.2016.5.06.0233
AUTOR CLAUDIO OLIVEIRA DA SILVA
RÉU ITAGUAREMA IMOBILIARIA LTDA E OUTRO

---------------------------------- BEM PENHORADO---------------------------------
IMÓVEL RURAL DENOMINADO USINA TIÇÃO, localizado no Distrito de Tejucupapo, Goiana/PE, registrado no REGISTRO ÚNICO DE IMÓVEIS DE GOIANA, MATRÍCULA nº. 113, que transcrita, descreve o imóvel como: “Imóvel rural de terras próprias, medindo 82,35ha, denominado ‘USINA TIÇÃO’, desmembrado do imóvel rural denominado Tição, localizado no distrito de Tejucupapo, deste Município, com os seguintes limites e confrontações constantes do memorial descritivo adiante transcrito: Memorial descritivo: O ponto de partida situa-se em um marco de pedra colocado a 38,00m (trinta e oito metros) ao Sul da atual estrada que liga a Ilha de Itapessoca à rodovia pavimentada BR-101, marco este atualmente visinho do tronco de uma macaibeira de porte regular e é de caracterização inconfundível, pois é o único ponto que compreende, de uma só vez, a divisa de 4 (quatro) propriedades, que são à Noroeste, terras do Carrapicho de propriedade de Benedito Carneiro; à Nordeste, Sítio Eufrásia dos herdeiros de João Basílio; a Sudoeste, terras de Aldeia de propriedade de Álvaro Lins e à Sudeste, terras de Tição, propriedade, cujos limites e dimensões são a seguir descritas, para o desmembramento do terreno próprio em favor da “Siderúrgica Aço Norte S/A”. Deste ponto de partida, nomeado ponto 1’ (hum linha) ou ponto 0 (zero), com o rumo verdadeiro de 20°52’SE (vinte graus e cinquenta e dois minutos SE) mede 1.185,00m (hum mil, cento e oitenta e cinco metros) até o ponto 2’ (dois linha); deste, sob o ângulo interno de 90° (noventa graus) mede 900,00m (novecentos metros) até o ponto 3’ (três linha); deste, sob o ângulo interno de 90° (noventa graus) mede 645,00m (seiscentos e quarenta e cinco metros); até o ponto 15 (quinze); deste sob o ângulo interno de 120° (cento e vinte graus), mede 180,00m (cento e oitenta metros) até o ponto 16 (dezesseis); deste, sob o ângulo interno de 182°11’ (cento e oitenta e dois graus e onze minutos) mede 82,70m (oitenta e dois metros e setenta centímetros); até um marco de pedra, situado hoje à sombra de uma Macaibeira e ponto 17 (dezessete) da reta referida, este marco de pedra e ponto reconhecido como pertencente à divisa das terras de Tição com os do Sitio Eufrásia; do ponto 17 (dezessete) sob o ângulo interno de 175°00 (cento e setenta e cinco graus) mede 90,00m (noventa metros), até o alinhamento Norte da estrada que liga atualmente a Ilha de Itapessoca com a Rodovia pavimentada BR-101, ponto 18 (dezoito) do mesmo polígono; deste sob o ângulo interno de 170°00’ (cento e setenta graus) mede 20,00m (vinte metros) até o ponto 19 (dezenove), sito também no alinhamento Norte da citada estrada; deste, sob o ângulo interno de 194°00’ (cento e noventa e quatro graus) mede 240,00m (duzentos e quarenta metros) até o ponto 20 (vinte), localizado já no alinhamento Sul da citada estrada; deste ponto, sob o ângulo interno de 180°00 (cento e oitenta e um graus) mede 190,00m (cento e noventa metros) até o ponto 21 (vinte e um) ainda no alinhamento Sul da estrada referida deste sob o ângulo interno de 181°40’ (cento e oitenta e um graus e quarenta minutos) mede 130,00m (cento e trinta metros) até o ponto 22 (vinte e dois), também no alinhamento Sul da estrada início de uma curva para a direita da mesma, afastando-se aí, pois, da reta citada; deste ponto 22 (vinte e dois) sob o ângulo interno de 187°37’ (cento e oitenta e sete graus e trinta e sete minutos), mede 114,50m (cento e quatorze metros e cinquenta centímetros) até atingir o ponto 0 (zero) ou ponto 1’ (hum linha), no marco de pedra em que se iniciou à demarcação; este último alinhamento com o primeiro citado, forma o ângulo interno de 57°32’(cinquenta e sete graus e trinta e dois minutos) e fica fechado um polígono irregular de 11 (onze) lados com a área interna de 82,35 ha (oitenta e dois hectares e trinta e cinco ares). Os lados 15/16 (quinze/ dezesseis), 16/17 (dezesseis/ dezessete), 17/18 (dezessete/ dezoito), 18/19 (dezoito/ dezonove), 19/20 (dezenove/ vinte), 20/21 (vinte/ vinte e um), 21/22 (vinte e um/ vinte e dois), e 22/0 (vinte e dois/ zero) ou 22/1’ (vinte e dois/ hum linha) confundem-se com a divisa Norte das terras de Tição, divisa com as terras do Sítio Eufrásia, de propriedade de herdeiros de João Basílio”.
OBS 1: Consta nos autos que o imóvel se localiza em área que dista cerca de 3,5km do portão de trás da Fabrica da Fiat/ Jeep, estando também muito próxima do acesso à Ilha de Itapessoca, conforme mapas que acompanharam a avaliação do bem.
OBS 2: Há a averbação na matrícula do imóvel de outras constrições judiciais, conforme certidão anexada aos autos no Id n. aeeb8a2.

Localizacao do bem: Tejucupapo, Goiana/PE
Valor da Avaliacao: R$ 15.600.000,00 (quinze milhões e seiscentos mil reais)
Data da Avaliacao: 24/08/2018
OBSERVAÇÕES: Conforme despacho de Id. 469dce0 registre-se que:
1) Tratando-se de alienação judicial, aplicam-se os mesmos efeitos da expropriação quanto à aquisição originária, isentando o adquirente de débitos fiscais e trabalhistas até a data da aquisição, não constituindo sucessão de empregadores;
2) a penhora efetuada sobre o imóvel rural recai sobre a terra nua, excluindo-se plantações, semoventes e benfeitorias comprovadamente realizadas pelos Arrendatários/terceiros que explorem contratualmente o fundo agrícola, sendo garantida a retirada ou cabendo ao Arrendador indenizar diretamente o Arrendatário por tais benfeitorias, por acordo ou em ação própria;
3) Poderá ser admitida oferta de lance parcelado, por petição nos autos, nos termos do art. 895 do CPC, com sinal de 25%, e limitado em 10 (dez) o número de parcelas. No caso de parcelamento, a carta de alienação/arrematação será expedida, no momento oportuno, registrando-se a hipoteca judiciária sobre o bem alienado, que garantirá, ele próprio, o integral pagamento da dívida.
( Valor de Avaliação: R$15.600.000,00 )

05/02/2021 - 09:00
InicialR$10.920.000,00
Detalhes

Lances: 0

Compr: 0

ABERTO PARA LANCES

Lance Inicial R$ 10.920.000,00

Incremento: R$ 50.000,00


Imagem meramente ilustrativa

LOTE 053

2ª Vara do Trabalho de Ribeirão
Processo Nº CartPrecCiv-0000991-12.2019.5.06.0262
AUTOR FRANCISCO JOSE DA SILVA
RÉU SEVERINO FERREIRA DA SILVA

---------------------------------- BEM(NS) ---------------------------------------
Imóvel Rural denominado Sítio São Severino, com 20 (vinte) hectares de terra, desmembrado do Engenho Guloso, correspondente aos lotes 37 e 38, outrora denominado Sítio Boa Vista, pertencente ao Sr. Severino Ferreira da Silva, cadastrado no INCRA sob o nº 232.025.000.191-8 e registrado à fl. 070 do Livro 2-C, Matrícula 0292, em 26/06/1981.
Confrontações ao NORTE: Propriedade Parta, pertencente ao Sr. Manoel Rodrigues; ao SUL: lotes 33 e 35, pertencentes à Sra. Maria Olivia; ao LESTE: lote 36, pertencente ao Sr. Antônio Rosendo da Silva; ao OESTE: lotes 33 e 35 de propriedade do Sr. Expedito de Tal. Título anterior: transcrição nº 3794, fl 45v do Livro 3-E do mesmo cartório. Tudo conforme certidão cópia do certidão do Registro Imobiliário de Amaraji constante dos autos.
Obs 1: Foi visualizado pelo oficial de justiça que a maior parte da propriedade encontra-se coberta por lavoura de chuchu, para fins de comercialização. Uma pequena parte é constituída de mata nativa e outra parte serve de cultura de subsistência dos moradores locais, além de vias de acesso. A propriedade dista cerca de 6Km da Rodovia PE-71, possuindo 10 casas bastante simples, utilizadas para moradia dos trabalhadores e seus familiares.
Obs 2: O imóvel hipotecado ao Bandepe em 1983, porém, baixada a hipoteca em 1986, estando livre de quaisquer ônus.
Obs 3: Imóvel matriculado sob o n. 0292 no Serviço Registral e Notarial de Amaraji/PE
Valor do hectare: R$ 15.000,00. Avaliação total do Imóvel R$ 300.000,00

Localizacao do bem: Amaraji/PE
Valor da Avaliacao: R$ 300.000,00
Data da Avaliacao: 27/10/2020
FIEL DEPOSITÁRIO: SEVERINO FERREIRA DA SILVA
( Valor de Avaliação: R$300.000,00 )

22/02/2021 - 09:00
InicialR$210.000,00
Detalhes

Lances: 0

Compr: 0

ABERTO PARA LANCES

Lance Inicial R$ 210.000,00

Incremento: R$ 5.000,00

Endereço

End. p/ notificações: R. Antônio Ramiro Costa, 36,
Apto 102, Imbiribeira - CEP: 51030-761
Recife - PE

Telefone(s)

Celular/Whatsapp (81) 99707-0507 ou email contato@leilaopernambuco.com.br

Email

contato@leilaopernambuco.com.br